domingo, janeiro 10, 2010

Olhar para o lume

Quando alguém fica parado, absorto a olhar para o mar, é como se estivesse a olhar para o lume:
Como que ausente do lugar e do tempo, como que sonhando com outra vida, outras pessoas, outro eu a ser ou a ter sido...
Quando alguém fica parado, absorto a olhar para o mar, vemos que algo dentro de si pensa noutra terra noutra vida noutra possibilidade de vir a ter sido outra coisa. Outra gente. Talvez noutro lugar distante.

2 comentários:

LUIS MIGUEL CORREIA disse...

Sou viciado pelo Mar. Custa-me aguentar temporadas longas em terras longe do Mar. E em tempos remotos ia ver o Mar em busca de equilibrio interior. Até que o fui absorvendo e hoje tenho Mar na alma, esteja onde estiver qualquer de nós...

LMC

BLOG DOS NAVIOS E DO MAR

Nádia Jururu disse...

Muito bonito! Obrigada por escrever isso aqui.