quarta-feira, setembro 17, 2008

Trompa de Eustáquio

Como me doía muito um ouvido, no domingo, fui ao médico, na urgência.
Disse-me que o ouvido estava óptimo e que eu tinha, há meses, uma bela rinite, uma bela faringite e não sei o quê na Trompa de Eustáquio. A seguir, explicou-me que Eustáqui era um grego que descobriu a trompa de Eustáquio, que tem o feitio de uma trompa mas funciona como um tambor cuíca.
Depois disse que os otorrinos portugueses fizeram uma invenção extraordinária, pela qual, infelizmente, não ganharam o Nobel.
Quando ia já numa grande peroração contra o Nobel português da Medicina atribuído a Egas Moniz, perguntei-lhe qual era a invenção: desdobrou um clip até fazer um s e disse que se podem limpar os ouvidos com uma das partes redondas. Foi essa a invenção.
Resultado, fartei-me de rir apesar daquelas doenças todas e de não poder beber durante uns tempos por causa dos medicamentos.
São as pessoas que fazem a diferença entre uma situação horrenda e uma situação gira.
Lembrem-se disto.

Um comentário:

as-nunes disse...

Não estou a ver como é que com essa parte redonda do clip em S se consegue limpar um ouvido normal.
Mas a boa disposição do médico que nos atende é, muitas vezes, a melhor terapia.
Pode até nem haver diagnóstico credível.