quarta-feira, março 31, 2010

Exílio

Durante a maior parte da vida que vivi, senti-me exilada no tempo.
Sentia-me exilada no passado, sabendo que o meu lugar só podia ficar no futuro.

Um comentário:

Márcia Cristina Lio Magalhães disse...

Muitas vezes eu me sinto assim...

Gostei do seu espaço, beleza de escritos...
Em tempo vou lêr-te com a devida calma...

Amplexos,

Márcia

Ps: O passarinho do meu blog é um Saira de 07 cores.