quinta-feira, junho 12, 2008

Flores de Jacarandá

Inclino a minha cabeça e sobre mim
Caem as flores de um azul intenso
Flores de Jacarandá

Cai a época temporal, dizendo-me que chegaram ao fim estas pétalas.

Inclino a minha cabeça e sobre mim cai o tempo

E o tempo tem para mim a cor das flores: pétalas demasiado azuis

Se eu morresse agora não me queixaria
Nem me lamentaria de falta de azul

Um comentário:

maria disse...

Lindo!! mas do azul sente-se sempre a falta!!
(Raramente venho a este blogue...)